Como vês o teu cinema?

Qual a importância da experiência cinematográfica nos dias que correm? Porque ainda frequentamos as salas de cinema? Estas são questões que passam pela própria definição de cinefilia. Ou seja, que cinefilia queremos, desejamos e alimentamos?

Era uma vez um sonho...

O Jovem Karl Marx narra a amizade entre o filósofo alemão e o seu compatriota Friedrich Engels, ilustrando o trabalho dos dois que precedeu a criação da Liga Comunista e a publicação de um dos mais influentes tratados políticos da História mundial — o Manifesto Comunista.

Vampiros à moda dos anos 80

E se certos filmes nunca tivessem continuação? Algumas sequelas enriquecem o original e transformam um filme isolado no primeiro capítulo de uma saga popular. Outros, não só matam qualquer hipótese de uma franchise de sucesso como, inclusivamente, diminuem os originais. Mas será que merecem a fama que ganham? Neste artigo recordo A Noite do Espanto – Parte 2 realizado por Tommy Lee Wallace.

A primeira tentação de Scorcese

Todos os grandes autores contam na sua filmografia com filmes de menor sucesso, seja de público, reconhecimento crítico, ou ambos. São filmes menos conhecidos e pouco celebrados, mas que por vezes vale a pena (re)descobrir. Pretendo dar aqui a conhecer algumas destas obras. Neste artigo olhamos sobre A Última Tentação de Cristo, de Martin Scorcese.

O bom, a lenda e o vilão

The Walking Dead é um fenómeno de popularidade que trouxe para junto do grande público o fenómeno dos zombies celebrizados por George A. Romero, normalizando a ameaça dos mortos-vivos e expondo a verdadeira natureza do Homem. No âmbito da digressão promocional à Europa conversei com Jeffrey Dean Morgan, Norman Reedus e Greg Nicotero no Hotel Ritz para a Take Cinema Magazine . Se não estão a par com a série cuidado com os spoilers.

Óscares: para que servem?

Polémicas à parte, teve lugar no passado mês de Fevereiro a 89ª cerimónia de entrega dos Óscares, os cobiçados galardões da indústria cinematográfica norte-americana entregues pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas. Mas, para que servem?

A impetuosidade da terceira idade

E se certos filmes nunca tivessem continuação? Algumas sequelas enriquecem o original, outros diminuem-nos. Mas será que merecem a fama que ganham? Neste artigo abordo A Cor do Dinheiro, um filme pouco lembrado de Martin Scorcese que recupera a personagem de A Vida É Um Jogo, “Fast” Eddie Felson, interpretado por Paul Newman.