A guerra das estrelas de George Lucas Ep. 2

A guerra das estrelas de George Lucas Ep. 2

Nesta edição de Universos Paralelos, um programa da autoria de António Araújo (Segundo Take), José Carlos Maltez (A Janela Encantada) e Tomás Agostinho (Imaginauta), que podem encontrar em www.segundotake.com/podcast/2018/9/16/episodio150, sentimos a Força do universo criado por George Lucas numa viagem épica que nos levará das prequelas do Star Wars, em 1999, até pouco depois da primeira década do novo milénio, à sombra de uma anunciada aquisição milionária.

George Lucas.jpeg

Decorre o ano de 1997, e fãs de todo o Mundo rejubilam com o lançamento da edição especial da trilogia original de Star Wars, comemorando os vinte anos da estreia do filme original, Uma Nova Esperança (1977). Esta nova edição conta com aquilo a que Richard McCallum (produtor das prequelas) chamou visão original: aquilo que George Lucas pretendia que os filmes originais fossem, mas que a tecnologia da época e outros constrangimentos não permitiram. Temos, portanto, novas cenas adicionadas com recurso às novas tecnologias digitais, que começam a ganhar terreno após o enorme sucesso de filmes como Toy Story (1995). A imagem e o som também foram remasterizados à luz das tecnologias que se tornam agora práticas comuns. 

Os fãs não podem deixar de pensar se este lançamento significaria algo para o futuro da saga. E não muito tempo depois, o próprio Lucas anuncia que mais três filmes serão lançados. São prequelas dos originais e propõem-se a contar a origem do mítico Darth Vader e a ascensão do Imperador ao poder, resultando na queda da então próspera república e com ela o desaparecimento de quase todos os Jedis. São estreados: Star Wars: Episódio I - A Ameaça Fantasma (1999), Star Wars: Episódio II - O Ataque dos Clones (2002) e Star Wars: Episódio III - A Vingança dos Sith (2005). Somos apresentados a novas personagens como: Anakin Skywalker (Hayden Christensen), Padmé Amidala (Natalie Portman), um jovem Obi-Wan Kenobi (Ewan McGregor), Mace Windu (Samuel L. Jackson), Qui-Gon Jinn (Liam Neeson), Jar Jar Binks (Ahmed Best), Darth Maul (Ray Park), entre outros. Os filmes são realizados e escritos pelo próprio Lucas (com a ajuda de Jonathan Hales na escrita do episódio II). 

up09b.jpg

Sente-se a transição dos filmes de fantasia da primeira trilogia para a ficção científica desta nova vaga. A política toma um lugar de primeira classe, onde vemos a dinâmica do senado que influencia a galáxia, as suas tramas que levam à ascensão do Imperador e posteriormente à criação do Império tão conhecido pelos fãs e temido pelos rebeldes. Os cavaleiros Jedis, donos da luz que mantém a ordem contra o lado negro até então enfraquecido. Enquanto que na trilogia original somos apresentados a um novo universo, às leis que o regem e à sua física, dando asas a um mundo mágico onde a Força é um espírito do povo e fonte de esperança, onde a fantasia e a imaginação são reis, aqui nesta nova trilogia a fantasia é trocada pela razão e pela ciência, onde até a Força, movível na sua espiritualidade, se torna num instrumento ao serviço da ciência e da exactidão, na sua contagem pelos midi-chlorians. Lucas tenta aqui criar filmes para um público mais maduro, talvez para aquelas crianças dos originais que são agora adultas; tentando também alcançar as crianças que podem ser seduzidas pelo espectáculo das então novas e energéticas batalhas de sabres de luz e corridas de naves e podracers. No entanto, e apesar de todos os seus esforços, esta nova trilogia cai mal junto dos fãs, que quiçá depois de anos a criar expectativas não as viram preenchidas. Sou, e apesar de tudo, um fã e defensor destes filmes; são os do meu tempo e julgo-os uma óptima adição a um universo tão rico e complexo como o de Star Wars

up09c.jpg

Lucas não se vê demovido pelas reações negativas e em 2008 é estreado Star Wars - A Guerra dos Clones, realizado pela então estrela em ascensão dentro da Lucasfilm, Dave Filoni. O filme segue Ahsoka Tano e o seu mestre, Anakin Skywalker numa missão secreta para resgatar o filho de Jabba the Hutt. Os acontecimentos decorrem entre o episódio II e III. O filme serve como piloto para uma série de animação lançada no mesmo ano e com o mesmo nome (2008-2014). Criada pelo próprio Lucas, tem ao leme Dave Filoni e durante seis temporadas seguimos os mesmos personagens do filme homónimo e a mesma linha temporal. Ao contrário das prequelas e do filme de animação, a série é bem recebida junto do público e da crítica. 

Entretanto, durante estes anos de ouro de produção, outros meios encontram neste universo um lugar: são lançados dezenas de livros, bandas desenhas, jogos de vídeo que se propõem a fechar os buracos que compõem a cronologia que parece apenas crescer a cada dia que passa (há registo de arcos narrativos desde 25,793 BBY – Before the Battle of Yavin – a 139 ABY – After the Battle of Yavin).

Se calhar devido ao sucesso da série Clone Wars, em 2014 a Lucasfilm anuncia uma nova série de animação ao serviço do novo canal da Disney (um acto premonitório do que então se avizinha), Star Wars: Rebels (2014-2018), desta vez já com a mão de Filoni como criador. Lucas encontra-se desaparecido desta nova campanha, pois algo havia sucedido uns anos antes. Em 2012, a Lucasfilm é comprada pela gigante Disney por uns incríveis 4 mil milhões de doláres e George oferece o seu lugar a Kathleen Kennedy como presidente da Lucasfilm. Inicia-se uma nova era para a saga Star Wars; dividem-se os campos entre o contentamento e o descontentamento de fãs. O vasto Universo Expandido que havia sido criado ao longo de anos é desconsiderado como cânone e passa-se a denominar de Legends. Isto é feito com o intuito de se criar uma tábua rasa para os próximos projectos onde apenas são consideradas as produções com o selo da Lucasfilm, ou seja, os filmes originais, as prequelas e Clone Wars. Mas algo é certo: novos materiais estão a ser e serão produzidos nos anos que aí vêm. 

Independentemente da posição que cada um tem em relação às várias eras que a Star Wars já sofreu, algo é certo: estamos perante uma saga que já acompanhou gerações de miúdos e graúdos e que não tem intenções de parar, portanto para o bem desta galáxia muito distante, apertem os cintos e desfrutem da viagem, que será inferior a 12 parsecs. 

Tomás Agostinho, Setembro 2018. 



Fontes primárias

Cinema

  • Star Wars: Episódio I - A Ameaça Fantasma (Star Wars: Episode I - The Phantom Menace, George Lucas, 1999)

  • Star Wars: Episódio II - O Ataque dos Clones (Star Wars: Episode II - Attack of the Clones, George Lucas, 2002)

  • Star Wars: Episódio III - A Vingança dos Sith (Star Wars: Episode III - Revenge of the Sith, George Lucas, 2005)

  • Star Wars - A Guerra dos Clones (Star Wars: The Clone Wars, Dave Filoni, 2008)



Televisão

  • Star Wars: Clone Wars (2003-2005 – 25 episódios) criado por Genndy Tartakovsky

  • Star Wars: The Clone Wars (2008-2014 – 121 episódios) criada por George Lucas



Bibliografia seleccionada

  • VVAA (1999-2003) The New Jedi Order (série) . New York, NY: Del Rey.

  • Luceno, J. (2001) Cloak of Deception. New York, NY: Del Rey.

  • Reaves, M. (2001) Darth Maul: Shadow Hunter. New York, NY: Del Rey.

  • Sherman, D., Cragg, D. (2004) Jedi Trial. New York, NY: Del Rey.

  • Karpyshyn, D. (2006-2009) Darth Bane Trilogy. New York, NY: Del Rey.

  • Denning, T. (2005) Dark Nest Trilogy. New York, NY: Del Rey.

  • VVAA (2006-2008) Legacy of the Force (série). New York, NY: Del Rey.

  • Zahn, T. (2006) Outbound Flight. New York, NY: Del Rey.

  • Luceno, J. (2008) Millennium Falcon. New York, NY: Del Rey.

  • VVAA (2009-2011) Fate of the Jedi (série). New York, NY: Del Rey.

  • Schreiber, J. (2010) Red Harvest. New York, NY: Del Rey.

  • Reaves, M., Maya Kaathryn Bohnhoff, M. K. (2011) Shadow Games. New York, NY: Del Rey.

  • Zahn, T. (2011) Allegiance. New York, NY: Del Rey.

  • Zahn, T. (2011) Choices of One. New York, NY: Del Rey.

  • Luceno, J. (2012) Darth Plagueis. New York, NY: Del Rey.

  • Zahn, T. (2013) Scoundrels. New York, NY: Del Rey.



Banda Desenhada

  • Dark Horse Comics (1999-2014) – Inúmeras colecções



Videojogos selecionados

  • X-Wing Alliance (1999) - Windows

  • Star Wars: Episode I – The Phantom Menace (1999) - Windows, PlayStation

  • Star Wars Episode I: Racer (1999) Windows, Mac, Dreamcast, Nintendo 64

  • Star Wars: Obi-Wan (2001) - Xbox

  • Star Wars: The Clone Wars (2002) (Action) PlayStation 2, GameCube, Xbox

  • Star Wars: Episode II – Attack of the Clones (2002) - Game Boy Advance

  • Star Wars: The New Droid Army (2002) - Game Boy Advance

  • Star Wars: Episode III – Revenge of the Sith (2005) - PlayStation 2, Xbox

  • Star Wars: The Clone Wars – Republic Heroes (2009) - Windows, PlayStation 2, Nintendo DS, PlayStation Portable, Xbox 360, PlayStation 3, Wii

  • Clone Wars Adventures (2010) - Windows, Mac 

  • Star Wars: Galactic Battlegrounds (2001) Windows, Mac

  • Star Wars: Starfighter (2001) Windows, PlayStation 2

  • Star Wars Galaxies: An Empire Divided (2003) Windows

  • Star Wars: Knights of the Old Republic (2003) Windows, Xbox, Mac, iOS, Android

  • Star Wars: Battlefront (2004) PlayStation 2, Windows, Xbox, Mac

  • Star Wars: Empire at War (2006) Windows, Mac OS X

  • Star Wars: The Force Unleashed (2008) Windows, Mac OS, Xbox 360, PlayStation 3, PlayStation 2, PlayStation Portable, Wii




Fontes secundárias

Bibliografia

  • Hearn, M. (2005) The Cinema of George Lucas. New York, NY: Harry N. Abrams.

  • Jones, B. J. (2016) George Lucas: A Life. London: Headline Publishing Group.

  • Kline, S. (ed.) (1999) George Lucas: Interviews. Jackson MS: University Press of Mississippi.

  • Laurent Bouzereau, L., Duncan, J. (1999) The Making of Star Wars, Episode I - The Phantom Menace. New York, NY: Del Rey (LucasBooks).

  • Duncan, J. (2002) Mythmaking: Behind the Scenes of Attack of the Clones. New York, NY: Del Rey (LucasBooks). 

  • Rinzler J.W. (2005) The Making of Star Wars, Episode III - Revenge of the Sith. New York, NY: Del Rey (LucasBooks).



Website

  • Wookipedia – The Stars Wars Wiki (http://starwars.wikia.com)



Outras referências

Spoofs

  • George Lucas In Love (Joe Nussbaum, 1999)

  • Lego Star Wars: Revenge of the Brick (Royce Graham et al., 2005) [TV]

  • Chad Vader Day Shift Manager (Matt Sloan, Aaron Yonda 2006-2012) [38 episódios de TV]

  • Loucos e Fãs (Fanboys, Kyle Newman, 2009) 

  • Robot Chicken Star Wars (Seth Green, 2007, 2008, 2009) [TV]

  • Laugh It Up, Fuzzball: The Family Guy Trilogy (Dominic Polcino e Peter Shin, 2007, 2009, 2010) [TV]

  • Lego Star Wars: The Quest for R2-D2 (Peder Pedersen, 2009) [TV]

  • Lego Star Wars: Bombad Bounty (Peder Pedersen, 2010) [TV]

  • Lego Star Wars: The Padawan Menace (David Scott, 2011) [TV]

  • Lego Star Wars: The Empire Strikes Out (Guy Vasilovich, 2012) [TV]

O oeste justiceiro de Clint Eastwood

O oeste justiceiro de Clint Eastwood

A ciência da dedução de Sherlock Holmes

A ciência da dedução de Sherlock Holmes