Retrospectiva Star Trek: Star Trek II: A Ira de Khan

Com a chegada a Portugal em Agosto de Star Trek: Além do Universo, o terceiro capítulo após o renascimento da outra saga espacial pelas mãos de J.J. Abrams, faço uma retrospectiva pelas onze longas-metragens produzidas entre 1979 e 2013.

Star Trek II: A Ira de Khan (Star Trek: The Wrath of Khan), 1982, dir. Nicholas Meyer

Ao segundo capítulo, a saga cinematográfica com o elenco original da série televisiva, tem o seu momento decisivo com A Ira de Khan. Este filme é tanto uma sequela do filme anterior como de um dos episódios mais populares da série televisiva, Space Seed, continuando directamente a narrativa daquele 15 anos depois numa história de vingança onde Khan, o vilão daquele episódio, procura vingar-se de Kirk que considera responsável pelo seu abandono num planeta estéril.

Nicholas Meyer substitui Robert Wise na realização e, com um orçamento menor que o filme anterior, introduz elementos que se revelariam decisivos para o futuro da série dando enfoque ao lado mais militarista da Starfleet - o desenho dos uniformes fariam escola no resto dos filmes com o elenco original e as batalhas espaciais fazem lembrar autênticas estratégicas batalhas navais. James Horner substitui Jerry Goldsmith na banda sonora original e oferece novas sonoridades ao cânone musical da série servindo como template para os futuros compositores.

William Shatner volta a abrir o livro das interpretações maiores que a vida, no papel do Almirante Kirk, sendo-lhe oferecidos momentos de intensidade emocional como pão para a boca tendo originado cenas de antologia como o confronto com o vilão - “Khaaannnn” - a descoberta de um laço de sangue anteriormente desconhecido ou a despedida emocionada, e emocionante, de um velho amigo numa reviravolta chocante que alimentaria directamente a narrativa do filme seguinte.

Warp 7/10

Artigos relacionados: O Caminho das Estrelas

Retrospectiva Star Trek: Star Trek III: A Aventura Continua

O legado do Cinema