Lost Soul: The Doomed Journey of Richard Stanley's Island of Dr. Moreau

Seguindo a recomendação do Fábio aqui, consegui ver o documentário Lost Soul: The Doomed Journey of Richard Stanley's Island of Dr. Moreau e o mínimo que posso dizer é que este é fascinante.

A começar por Richard Stanley, de quem nunca tinha ouvido falar, e que epitoma o artista que não aguenta a pressão de Hollywood. Após duas longas metragens de culto, Hardware, de 1990 e Dust Devil, de 1992, que lhe deram o estatuto de visionário tentou concretizar o seu projecto de sonho: A Ilha do Dr. Moreau. Este acabaria por se tornar no desastre com o mesmo nome de 1996 realizado por John Frankenheimer com Marlon Brando e Val Kilmer nos principais papéis.

O que me atrai nestes documentários, acima de tudo, é o facto de que existem sempre histórias por detrás das histórias e, neste caso, merecem bem a pena ser contadas. Nunca até hoje tinha tido conhecimento dos acontecimentos, nem pretendo aqui estragar a surpresa para quem queira ver o filme, mas a mutação do projecto, desde o sonho na cabeça do artista, passando pelos compromissos que se fazem com quem o financiará, até às questões logísticas é quase inacreditável, incluindo elementos de voodoo, amotinação, deserção, traição e pura sabotagem por parte de egos desmesurados.

A falta da presença ou mera menção a um dos actores principais, David Thewlis, faz com que pareça de certa forma incompleto mas os testemunhos que fazem parte do filme dão uma visão única e em primeira mão que oferece credibilidade e eleva o projecto a algo mais do que a um trabalho de fã.

 
 

Artigos relacionados: Em Busca do Documentário Perdido

Retrospectiva M:I - Missão Impossível: Operação Fantasma

Retrospectiva M:I - Missão Impossível 3