2015, o ano em que regressámos ao futuro

2015 é um ano de diversas celebrações relacionadas com a trilogia Regresso ao Futuro. Entre outras as mais marcantes são os 30 anos que se passaram sobre a estreia do filme original a 3 de julho de 1985 e a curiosidade de hoje, dia 21 de outubro de 2015, ser o dia em que Marty McFly, Doc Brown e Jennifer chegavam ao futuro em Regresso ao Futuro II.

 
 

Muito se tem brincado que o 2015 imaginado há 26 anos atrás nada tem que ver com o nosso 2015. Talvez fossemos mais optimistas em relação ao futuro naquela altura. Ou talvez a verosimilhança não tenha sido a maior preocupação de Robert Zemeckis e Bob Gale.

A verdade é que, tendo perdido o primeiro filme nos cinemas, a promessa das partes II e III, filmadas de seguida e estreadas com menos de um ano de diferença, não só era coisa rara como parecia ser bom demais para um miúdo de 12 anos.

E, sendo verdade que as sequelas não chegam ao brilhantismo do original, não é menos verdade que Regresso ao Futuro II foi uma das minhas experiências mais marcantes no cinema, não só por ter sido a minha primeira ida às salas de cinema do Amoreiras como também por toda a sequência de 1955, experiência totalmente metafísica e ainda hoje fascinante, de ver os personagens e as narrativas a sobreporem-se em camadas de potencial hecatombe espácio-temporal.

O Back to the Future Day celebra-se hoje, a 21 de outubro de 2015.

Retrospectiva James Bond [1964-1967]

Retrospectiva James Bond [1962-1963]